segunda-feira, 10 de outubro de 2016

SERIA SEMPRE PRIMAVERA

Há pouco ouvia Flávio Venturini:
"Seria primavera feliz
Se a voz dos homens entoassem a paz
Se o dom dos homens fosse a arte de amar"

Algumas músicas são setas,
trilhas, veredas, portais...
São lembretes de que na curva
dos dias sombrios
o maestro do arco-íris
rege a sinfonia da primavera.





6 comentários:

  1. Se as armas se calassem,
    a paz seria realidade
    se as pessoas se amassem
    o mundo era fonte de felicidade!

    Bom dia de terça-feira amigo Dilmar, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
  2. Gostei do texto!

    Beijos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. “Quando os homens amarem a paz”
    Esta afirmação em nada severa
    Mostrará humanidade capaz
    De construir eterna primavera.

    ResponderEliminar
  4. Seria, realmente, sempre primavera se a fraternidade existisse em todo o seu esplendor, pois assim a paz seria uma realidade.
    Um abraço. Élys

    ResponderEliminar
  5. Penso sim o quanto os homens gostariam da paz, mas eles não têm a mínima ideia do primeiro passo e nem como conservá-la. Têm coisas que sempre falaram mais alto!
    Muito bom, Dilmar.
    Um ótimo feriado! Tomara que a Padroeira ilumine esse país.

    ResponderEliminar
  6. Paz. O que é paz?
    Para muitos a paz é individual.
    Temos que ter atenção quando pedimos paz.
    Beijos!!!

    ResponderEliminar