quinta-feira, 13 de outubro de 2016

COMO VEMOS O MUNDO

Temos três possibilidades
básicas diante do universo:
O mundo é cor de rosa.
A vida é dura, mas vale a pena.
A existência é uma droga.
Independente de tudo
que ocorre conosco
ou daquilo que gostaríamos
que ocorresse e não acontece;
alegria, compreensão
ou ressentimento
comporá nossa bagagem.
Ah, mas ver o mundo assim
é de uma simplicidade franciscana,
visão por demais simplista
dirão os doutos!
É. pode ser. Porque não complicar!


25 comentários:

  1. Dilmar,
    Sinceramente, acho este acróstico uma merda, mas é o que temos para o momento. Perdão!

    Como é simples este mundo banal
    O que vemos é isso exatamente
    Meio barro meio tijolo, afinal!
    O que vemos é real e não mente.

    Ver é uma coisa, outra é fazer
    E, se então, o vemos cor-de-rosa
    Melhor é fazemos nosso mister
    Oh! Que resolução mentirosa!
    Se cada um caminhar como quer.

    O viver é duro, mas vale a pena
    Males existem sim, por toda parte
    Unir-se ao bem de forma serena
    Numa atitude formando baluarte
    Decerto, problemática pequena
    O melhor será conviver com arte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro amigo poeta Jair, obrigado pela visita poética. Um abraço. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
    2. Caro amigo poeta Jair, obrigado pela visita poética. Um abraço. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
  2. Sempre com bons textos.
    Obrigada pelo seu carinho.

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amiga Cidália, obrigado pelo carinho. Um abraço daqui do sul o Brasil. Tenhas um lindo fim de semana.

      Eliminar
  3. Não vale a pena complicar,
    o que complicado já o é
    o melhor é mesmo continuar
    a caminhar com esperança e fé!

    Num dia vejo o mundo duma maneira,
    no outro dia vejo-o de maneira diferente
    mas como levo a vida na brincadeira
    por viver neste mundo estou contente!

    Se o mundo é cor de rosa,
    a vida é mais bela
    quando não é espinhosa
    só me irei separar dela
    quando ela me mandar embora!

    Boa tarde caro amigo poeta Dilmar, um abraço,
    Eduardo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo Eduardo, obrigado pela visita poética. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
  4. Prefiro ver o mundo com alegria e compreender que a vida é um presente de Deus. Muita paz!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara amiga Denise, obrigado pela visita. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
  5. Depois de uma longa ausência por motivos profissionais, regresso ao convívio dos meus amigos e amigas. Saudades vossas.
    .
    A vida pode até ser uma droga, mas como todas as drogas ( Dizem os viciados...) é tão bela de viver. Amo a vida

    Aque abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro Ricardo, obrigado pela visita de além-mar. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
  6. Oi, Dilmar, é... cor de rosa o mundo não é. Sabe aquela cor de burro quando foge e que ninguém sabe o tom certo? Talvez seja essa a cor: ora um tom até bonito, ora uma coisa meio disforme. Mas vamos indo, navegando, porque a vida em si é um mistério lindo. (Pra uma parte).
    Abraços, amigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perfeito, cara amiga Tais, navegar é preciso já disse o poeta. Obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
  7. Verdadeiro. Nada fácil de aplicar, principalmente se o problema for muito sério, urgente, muito difícil ou de demorada resolução. Mas fé em Deus, na Vida e pensamentos positivos NUNCA são demais e são essenciais! A vida pode melhorar e ficar com o colorido bem melhor!AbraçO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cara Nidja, eis aquele dito popular, fé em Deus e pé na tábua.
      Obrigado pela visita. Um abraço. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
  8. Meu amigo Dilmar, segundo Einstein, tudo é relativo e dependo do ponto de vista do observador. E eu digo que olhar o mundo quando se dá uma topada, vê-se estrelas. E quando olhamos o céu e vimos estrelas, topamos o mundo estrelado. Belo poema o seu, para a reflexão da senoide que o mundo é: de altos e baixos. Abraço fraterno. Laerte (Silo).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Silo, obrigo por vosso comentário. Um abraço. Tenhas um ótimo fim de semana.

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Obrigado por vossa visita. Um abraço. Que tengas un buen fin de semana.

      Eliminar
  10. Querido amigo Dilmar,acho que o mundo é da cor que cada um o vê, dizem que a cor preta é luto, mas na Umbanda a cor do luto é a cor branca, portanto...
    Amo a cor amarela, sendo assim a cor-de-rosa não me atrai.
    Vamos indo, não me importo se é simplismo descomplicar, adoro descomplicar e é assim que quero ver o mundo, do meu jeito que me faz bem!
    Costumo dizer que, o que é bom para mim se é bom para todos, melhor, se não, ah, eu seguirei vivendo do meu jeito!
    Amei ler aqui!
    Abraços apertados!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Perfeito minha amiga, a vida tem de ser descomplicada mesmo. A simplicidade, a humildade e a moderação são ferramentas necessárias à nossa evolução. Obrigado pela visita. Um abração. Tenhas, sei que terás, um lindo fim de semana.

      Eliminar
    2. Pena que só percebemos isto com o tempo.

      Eliminar
  11. Para mim, a vida não é dura. O que acho ruim são as pessoas que nela circula. Ela tem a cor da lua. Dias douras, dias azulados, alaranjados, dourados, branco, tem dias que nem aparece.
    Temos que batalhar para poder valorizar nossas vidas.
    As dores que compõe a vida faz parte de um tempero que ajuda no sabor doce no final.
    Dilmar, quanto tempo!!!
    Os últimos dias aqui foram de sabores de meio amargo para amargo.


    ResponderEliminar
  12. Boa noite, Dilmar, se temos três possibilidades básicas neste Universo, então vale a pena escolher a menos complicada, procurarmos viver mais leves sem os fardos que arranjamos no decorrer da vida.Vale ter uma vida cor-de-rosa ! Abraço!

    ResponderEliminar