A minha Lista de blogues

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

VOZ E VEZ

Se existe o eterno derrotado
nesta existência
esse ente, com certeza,
é o voto  branco.
Maquiavel disse, há quinhentos anos:
"Política é a arte de enganar"
por consequência, numa eleição
o vencedor do pleito, certamente,
é aquele que mente melhor.
Já o voto branco, coitado,
decente, sincero por natureza,
não possui moeda de troca,
não sabe mentir!
No dia da enganação,
aquele quadradinho branco da urna,
solicita com humildade:
vota em mim!
Entretanto, poucos houvem-no.
Ah, certa feita, criticaram
o grande Lupicínio Rodrigues:
- "Você não tem voz!"
Mas o autor do hino do "Imortal"
não se deu por vencido e retrucou:
- "Não tenho voz, mas tenho vez"...
Já o voto  branco nem isso!


domingo, 30 de outubro de 2016

MUDANÇAS? HUM!

A mudança proposta pelos candidatos
 à prefeitura desta cidade,
tal como ocorre em tais demandas
equivale à história da Carochinha.
As parábolas ditas em alto e bom som
foram elaboradas por marqueteiros
visando apenas o acesso ao poder.
As estratégias foram traçadas
por profissionais conhecedores
da necessidade da criatura
 de crer em alguma coisa.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

ETA, FRIOZINHO BOM!

Cadê o chimarrão para aquecer
a garganta da gente, agora,
nesta manhã de inverno,
justo em fim de outubro?

Parece que os bons tempos voltaram
de frio estendido por mais tempo,
quando a primavera trazia no bojo
resquícios do inverno do sul!

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

JÁ É TEMPO

Li  ontem em algum lugar:
Somos milhões de Cunhas
Comentei com conhecidos
e alguns    riram bastante,
mas confesso: me senti mal,
constrangido e  sem   graça
porque a frase faz sentido,
porque já passou  da   hora
de pormos vergonha na cara,
porque já passou da  hora
de andar   na    contramão
porque já   passou da hora
de pôr a mão na consciência
porque já passou  da   hora
da conivência com  o roubo
Passou da hora, mas ainda
é tempo de limpar a casa.
Se adicionarmos uma grama
de honestidade, regularmente,
no   nosso  cardápio    diário,
ela, por   certo, irá   adquirir
anticorpos ao canto da sereias,
se transformará com o tempo
numa     árvore      imponente,
irredutível aos ventos corruptos.






segunda-feira, 24 de outubro de 2016

MEU PAÍS É O MUNDO

Já disse, meu país é o sul.
Mas isso faz muito tempo.
Era quando eu acreditava
nas fronteiras que dividem,
nas ideologias que separam,
nas ideias que isolam, enfim,
demandas que levam à discórdia.
Com o tempo a gente aprende,
quero dizer, a gente tenta
assimilar as leis básicas
de suporte à fraternidade.
Fraternidade, palavra linda,
ainda divorciada da prática,
porque parece que passamos
procuração firmada em cartório
ao Sr. Ego, dando-lhe o direito
de comandar nossas vidas
enquanto lhe aprouver...

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

DIVAGANDO

Antes de eu usar óculos
achava assaz interessante
a exposição do artefato
nos olhos das criaturas
Quando passei a usá-los
ficava com a impressão
   de que todo mundo
andava usando aquilo.
Perguntava para mim,
que sentimento é este
que governa   o jeito
de eu ver as coisas
tal  como não acontecia
antes da vista curta?
Pois o pensamento serve
para algumas conclusões
ou então para produzir
conceitos esteriotipados
que morrem à luz da razão
ou se perpetuam no tempo
apesar da inconsistência.
Mas o que isso tem a ver
com o fato em si em mesmo;
Talvez divagações. Talvez!
E divagando eu elocubro:
miro-me no espelho alheio
porque não conheço a medida
daquilo que sou ou o que  posso ser.
Quem sabe é por isso que a gente
repara tanto nos defeitos dos outros,
mas carregamos  os mesmos conosco,
entretanto  pensamos que somos melhores.





quarta-feira, 19 de outubro de 2016

COMECE HOJE

Vai retirando  uma grama
de açúcar do teu cafezinho,
diariamente,   sem   culpa,
no período de uma semana
e depois de alguns meses
não   consumirás  açúcar
Ao  natural parece  difícil
e realmente    não é    fácil,
entretanto não é impossível
Velhos hábitos arraigados
são difíceis de extirpá-los
porque foram alimentados
durante   muito      tempo,
mas nos  fundo   sabemos
que não nasceram conosco.
Ninguém nasceu comendo
balas e  tomando  guaraná,
mas sempre tem uma mãe,
um pai, uma tia,  um avô
dizendo,  criança  precisa
conhecer os doces da vida.,.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

DIA DE CHUVA

É segunda-feira, chove
e as pessoas reclamam
porque esqueceram,
que chuva está inserida
no nosso cardápio.
É um lindo dia,
de segunda-feira, chuvoso.
A vegetação agradece
a dádiva liquida.
Os rios secos exultam
aos acordes melódicos
da sinfonia restauradora,
mas as buzinas dos carros
berram nas avenidas
e os condutores coçam cabeças,
irritados, porque o trânsito não flui.
 Outros me falam da angústia
que sentem às segundas-feiras
chuvosas e eu não entendo
tanta azuretação.
Mas é um lindo dia chuvoso
assim como são lindos
os dias ensolarados,
os dias azulados,
os dias nublados...



quinta-feira, 13 de outubro de 2016

COMO VEMOS O MUNDO

Temos três possibilidades
básicas diante do universo:
O mundo é cor de rosa.
A vida é dura, mas vale a pena.
A existência é uma droga.
Independente de tudo
que ocorre conosco
ou daquilo que gostaríamos
que ocorresse e não acontece;
alegria, compreensão
ou ressentimento
comporá nossa bagagem.
Ah, mas ver o mundo assim
é de uma simplicidade franciscana,
visão por demais simplista
dirão os doutos!
É. pode ser. Porque não complicar!


segunda-feira, 10 de outubro de 2016

MEU PAÍS É O MUNDO

Já disse, meu país é o sul.
Mas isso faz muito tempo
Era quando eu acreditava
nas fronteiras que dividem,
nas ideologias que separam,
nas ideias que isolam; enfim,
coisas  que levam à discórdia.
mas com o tempo a gente aprende
já dizia o grande Shakespeare,
pelo menos a gente tenta
assimilar as leis básicas
de suporte à fraternidade.
Fraternidade, palavra linda
cantada em versos e reversos
e um pouco distante da prática
porque parece que passamos
uma procuração cartorial
ao Sr. Ego, dando-lhe o direito
de comandar nossas vidas,
enquanto lhe aprouver...



SERIA SEMPRE PRIMAVERA

Há pouco ouvia Flávio Venturini:
"Seria primavera feliz
Se a voz dos homens entoassem a paz
Se o dom dos homens fosse a arte de amar"

Algumas músicas são setas,
trilhas, veredas, portais...
São lembretes de que na curva
dos dias sombrios
o maestro do arco-íris
rege a sinfonia da primavera.





sexta-feira, 7 de outubro de 2016

BOBAGENS CONTINUAM SENDO DITAS

Na campanha de caça de votos
dos candidatos a prefeito
nesta capital,
TODOS
possuíam soluções
para todos os problemas,
inclusive para a violência.
Segundo esses sapientíssimos,
a população sofria as consequências
dos graves desvios comportamentais
porque  até então faltara vontade política...
Chego a pensar com meus botões,
que esses caras são de outro planeta
ou imaginam que somos mais bobos que os bobos...

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

SERÁ QUE HOUVE TRUTA ?!

Tenho dito; às vezes meio sério,
outras vezes meio às brincas,
que passaram a mão na gente,
porque a minha chapa política
- coligação brancos e nulos -
obteve apenas 22  por   cento
do universo de votos de POA,
não obstante muita gente
jurar-me de mãos postas
que cravou na plataforma.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

FRANCISCA 04-10-1954 A 09-05-1960

 Francisca,
tua passagem
por     aqui
foi rápida.
Tua existência
foi um sopro,
um suspiro,
uma lembrança
de não existir
agora conosco.
Flor da manhã
que partiu cedo,
 mas teu perfume
o tempo não apaga.
Mana, tu és
a eterna saudade
em nossos corações.

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

AQUELE MENINO

Estou procurando
o cara forte e atlético
que habitava meu corpo.
Cadê aquele moço vibrante,
repleto de juventude eterna?
Quando procuro o menino que fui
encontro uma criança velha!